18 de Outubro de 2016

qual-a-importancia-de-usar-big-data-para-sua-empresa

 

Ainda pouco conhecido no Brasil, o Big Data é uma tecnologia que vem sendo cada vez mais valorizada no mundo inteiro. Muitas instituições a utilizam para ganhar vantagens competitivas em relação aos concorrentes, traçando estratégias bem definidas que definem o sucesso de suas ações.

Quer saber como a sua empresa pode conseguir esses resultados? Continue a leitura e entenda porque o Big Data pode ser a chave para o crescimento do seu negócio:

O que é Big Data?

Segundo uma pesquisa do Techradar, até 2024 os servidores empresariais processarão um total de dados equivalente a uma pilha de livros de cerca de 4,5 anos luz. Você consegue imaginar esse número? Provavelmente não, pois ele equivale a uma distância que ultrapassaria a Via Láctea! E, é claro, nenhum ser humano conseguiria catalogar e interpretar essa quantidade de informações.

É nesse cenário que surge o conceito de Big Data, que se propõe a organizar e disponibilizar o uso de um grande volume de dados. A partir dessa definição, temos o Big Data Analytics, que seria justamente a análise dessas informações para encontrar padrões que sugerem novas tendências.

Para que serve o Big Data?

Com um sistema Big Data, basta haver um simples registro de blog, call centers, serviços de streaming, textos de redes sociais ou outras fontes para que a sua empresa encontre um mercado para agir.

No entanto, para que as suas estratégias alcancem os resultados esperados, todos os seus colaboradores precisam estar engajados e familiarizados com a ideia de operar um sistema de alta tecnologia para receber e levar esses dados a outros já adquiridos.

Se há alguns anos os estatísticos exerciam uma função parecida a partir da coleta de informações, atualmente é o cientista de dados que exerce essa função. Ele é o encarregado de extrair os dados, compreendê-los e traduzi-los de uma maneira que faça sentido para o seu negócio – ou seja, que possa ser aplicado visando algum retorno.

Quais são as vantagem do Big Data?

Segundo o vice-presidente de melhores práticas do SAS, Jill Dyche, a tecnologia acordou os executivos: agora, eles veem uma oportunidade de combinar a infraestrutura empresarial com uma plataforma de Big Data. Dessa maneira, as organizações podem acelerar os processos mais complexos utilizando as soluções oferecidas pelo sistema SAS.

Vamos a um exemplo prático: a partir das informações coletadas e decodificadas pelo cientista de dados, um analista de marketing pode entender mais a fundo o seu público e oferecer produtos personalizados para cada nicho. Esqueça as simples segmentações baseadas apenas em informações geográficas e demográficas distribuídas em planilhas complexas. Agora, você será capaz de entender os quesitos psicográficos e comportamentais de uma forma muito mais simples.

Um bom exemplo para ilustrar essa facilidade é a pré criação”da série House Of Cards. Antes de pensar em escrevê-la, a Netflix contratou um serviço de Big Data para entender os interesses de um nicho dos seus clientes, chegando a um resultado que foi um verdadeiro sucesso de público.

A empresa entendeu que muitos desse grupo adoravam os trabalhos do diretor David Fincher, do ator Kevin Spacey e da versão britânica de House Of Cards – que já era disponibilizada. Dessa forma, ela decidiu juntar os três pontos em um único produto audiovisual, antecedendo um imenso sucesso comercial.

É claro que o uso do Big Data partiu de muito trabalho e experimentações, mas esse sistema certamente oferece enormes vantagens para as empresas.

 

Quer continuar a aprender e entender as aplicações desse sistema no seu negócio? Entenda o que o Big Data muda na rotina dos profissionais de marketing

 

 

 

 

 

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER