Blog da Five Acts

18 de Agosto de 2021

Growth Intelligence

As empresas que são orientadas aos dados possuem até 23x mais chances de conquistar novos clientes segundo uma pesquisa da McKinsey Global Institute. Mas, em um mundo em que apenas a visão de dados interna já se provou ser limitante, o uso do Growth Intelligence se tornou necessário para poder dar as cartas.

Você não sabe sobre o que estamos falando? Growth Intelligence é a aplicação das técnicas de Business Intelligence para alavancar resultados de marketing e vendas. De forma resumida, isso é feito por meio de ciência de dados e de big data.

Se você ficou curioso, é hora de avançar nessa conversa. Continue a leitura e descubra por que o growth intelligence é tão necessário e como beneficia os negócios nessa disputa acirrada das empresas pela sua fatia de mercado. 

Por que o growth intelligence tem se mostrado cada vez mais necessário?

Ficar atrelado a velhas — ou às mesmas — estratégias não é uma opção quando o objetivo da sua empresa é ser competitiva. E quem está ditando isso não somos nós.

Mudanças econômicas e governamentais, por exemplo, alteram muito o cenário para qualquer tipo de negócio. Entretanto, há uma mudança que está diretamente relacionada às vendas e à forma como as marcas chegam a quem interessa: a mudança de comportamento do consumidor.

Aliás, precisamos frisar: o comportamento do consumidor mudou muito nas últimas décadas e, sobretudo recentemente, por causa da pandemia. 

Já que esse comportamento interfere diretamente nos resultados das empresas, como entendê-lo e associá-lo a outros fatores, como o cenário de mercado? 

Por meio da análise de dados, do uso do growth intelligence. 

Você já ouviu alguma vez que os dados são o novo petróleo? Ou seja, riqueza pura. Eles têm valor inestimável para se chegar às estratégias certas para cada tipo de negócio. 

Então é hora de as empresas explorarem essa riqueza que têm à disposição. 

Growth Intelligence é o mesmo que Business Intelligence?

Já sabemos que o Business Intelligence (BI) usa os dados coletados e analisados para tomadas de decisões mais acertadas e outros resultados, como a redução de custos operacionais, diminuição de perdas etc. 

No entanto, a nova inteligência de mercado tem se baseado mais em growth intelligence,  uma metodologia que possibilita a captura não só dos dados internos, mas também dos externos, e em tempo real

Assim, ele orienta as ações de marketing e vendas das organizações, gerando mais inteligência e vantagens competitivas às estratégias de alcance e de experiência de marca.

Por isso, pode-se dizer que a metodologia de growth intelligence vai além das ferramentas de BI.

Benefícios de uma estratégia de crescimento inteligente

Conheça alguns benefícios de uma eficiente estratégia de mercado inteligente, baseadas em growth intelligence:

Análise de mercado e players “invisíveis”

Por que uma análise de mercado é feita? Primeiro porque a empresa precisa dominar o entendimento sobre o mercado em que está inserida e atua, seus concorrentes, fornecedores e clientes. 

Como ela consegue isso de forma eficaz? Por meio da análise de dados, sendo alguns aqueles que inundam a internet diariamente. Eles geram insights precisos e que podem definir que tipo de empresa ela deve ser: se destacando em uma arena de gladiadores. 

Para isso, não se pode mais ter uma dimensão parcial do desempenho dos negócios. É preciso ir além e inovar. 

E inovação, neste contexto, é encontrar informações em uma sociedade que já mudou. E, a partir dessas informações, identificar novos comportamentos e novos consumidores, potenciais clientes invisíveis até então.

É um grande desafio, sobretudo para o marketing, que é quem trabalha com as informações levantadas para atingir seu público-alvo e atrair outros, esses players invisíveis que não estão sendo alcançados. 

Quando se implementa uma estratégia de inteligência de mercado, se abre um caminho mais fácil para a busca de insights. Dessa forma, a análise de mercado pode apontar oportunidades únicas, desde que a interpretação seja precisa e as informações minuciosas.

Foco nos alvos estratégicos

Com informações mais apuradas sobre o perfil e o comportamento do consumidor que sua marca pode atingir, é possível vislumbrar muitos resultados positivos.

Mas como utilizar essa enxurrada de dados vindos de diversas fontes diariamente? Como a partir disso, é possível determinar os alvos estratégicos?

Bem, uma das tarefas mais importantes das empresas contemporâneas — aquelas que já entenderam a dinamicidade e os novos modelos de negócios — é gerenciar esses dados

Uma das formas é a curadoria de dados, feita com ferramentas de BI e que certamente serão aperfeiçoadas pela de growth intelligence. Elas possibilitam capturar, limpar e cruzar conjuntos de dados e assim conseguir análises bem próximas do mundo real.

Redução dos riscos financeiros

Outro benefício que se tem por meio da inteligência de mercado é a possibilidade de gerenciamento de riscos, inclusive financeiros. 

Isso é feito por meio de análises de uma série de dados sobre pessoas e outras organizações e também pela automatização de processos de decisão

Líderes financeiros de negócios de vários segmentos utilizam cada vez mais o BI para a tomada de decisões. Afinal, qualquer decisão mal tomada gera prejuízos às empresas e, em muitos casos, até à reputação da marca. 

Imagine então esses processos aprimorados pela nova inteligência de mercado?

Se as ferramentas de BI já oferecem conhecimento preditivo sobre o andamento dos negócios, essa vantagem será potencializada. 

Além disso, a inteligência de mercado ajuda com muitas outras decisões importantes com consciência sobre os impactos financeiros para a empresa, como aumentar o quadro de funcionários, expandir vendas ou retrair a produção. 

Como a sua empresa pode se beneficiar com o growth intelligence?

Análise de dados estratégica

Análise de dados ainda mais estratégica. Não é à toa que o growth intelligence desponta como a nova inteligência de mercado. 

Com um trabalho em cima da visão do negócio e de fatores externos que mostram o ambiente competitivo, as ações estratégicas de marketing serão ainda mais acertadas. 

A análise de dados externa faz com que as organizações entendam muito mais sobre seus concorrentes e consumidores. Além disso, possibilita comparações entre a performance de seus negócios em relação à concorrência

Relatórios capazes de ajudar na tomada de decisão

Se sua empresa ainda está presa aos tradicionais relatórios mensais, que mostram dados passados, é hora de começar a mudar isso. 

Real-time-analytics” é o termo da vez. Ou seja: análises/acompanhamento de informações em tempo real. Só assim a empresa se torna realmente orientada por dados e consegue entender efetivamente o comportamentos de seus clientes e consumidores. 

Por isso comentamos anteriormente sobre ir além das ferramentas de BI. Não que não sejam eficientes. Mas, as suas limitações em termos de funcionalidade nem sempre permitem que se possa analisar as informações internas e externas em tempo real, ao contrário do growth intelligence.

Esta última ferramentas entrega análises dinâmicas, inclusive, possibilita a redução de riscos para negócio ao permitir que gestores consigam corrigir rotas mais rapidamente. 

Acesso a dados estratégicos

Quais são os dados estratégicos aos quais se tem acesso pelas ferramentas de inteligência de mercado?

Lembrando que esses dados nortearão as ações voltadas ao crescimento em marketing e vendas da organização. 

Veja alguns:

  • Comportamento de consumo: entre os dados gerados a todo momento, estão os que indicam o comportamento de clientes ou potenciais consumidores. Esses são essenciais para o marketing e a área de inteligência de mercado da organização.
  • Padrões que se repetem: a repetição de um padrão pode indicar uma tendência. Dessa forma são encontradas oportunidades e a empresa consegue se alinhar às demandas do mercado. 
  • Acompanhamento da concorrência: também conhecida por benchmarking, este tipo de análise ajuda a empresa a fazer um comparativo com os principais concorrentes, deixa os times de colaboradores atentos ao que está sendo feito e que tem (ou não) dado certo e a um levantamento do que precisa de melhorias.
  • Mercado endereçável: de forma simples e resumida, é o que direciona o consumidor a comprar o produto oferecido. Enquanto alguns compram pelo preço, outros o escolhem pela qualidade, independentemente do preço. Ao identificar quais fatores influenciam os consumidores , torna-se fácil direcionar ações de marketing e do departamento de vendas. 

Este artigo contribuiu para levar mais inteligência para a sua empresa? Aproveite e assine a nossa newsletter para receber novos conteúdos exclusivos sobre o mundo dos dados. Até o próximo artigo!

tableau software para download

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER